Blog Escola Linux

  

FreeBSD: primeiros passos!

FreeBSD: primeiros passos!

Como você já sabe, hoje em dia não falamos mais apenas em Windows, Mac e Linux. A iniciativa open source nos permitiu o desenvolvimento de muitos sistemas operacionais de uso livre, e o FreeBSD, sistema baseado no Unix, é um deles.

Ao contrário do Linux e alguns outros OS de tipo Unix, o Free BSD já fornece o kernel, os drivers de dispositivos, espaço de usuário e documentação. Ou seja, voce não precisa se preocupar com o software de sistema. Mas agora que você já instalou o FreeBSD, o que fazer? Confira!

Verifique se tudo está atualizado!

Primeiramente, é importante verificar se a sua versão do FreeBSD está totalmente atualizada. Isso é importante porque a equipe que disponibiliza esse sistema disponibiliza atualizações constantes relacionadas à sua segurança.

Para fazer isso, abra sua prompt de comando e digite os seguintes comandos:

# freebsd-update fetch
# freebsd-update install

Não se esqueça de fazer o mesmo com as ports do sistema, com os comandos:

# pkg update
# pkg upgrade

Editores e Bash

Assim como a maioria dos OS open source, você mesmo precisa programar funções no seu sistema operacional para garantir o funcionamento de sua máquina da maneira que você quer.

Para facilitar o trabalho de programação, é interessante ter editores e leitores de texto. Se você está migrando do Linux para o FreeBSD ou sistemas Unix, o programa Bourne Again Shell facilita essa transição.

O FreeBSD vem por padrão com o shell CSH.

Sudo

Se você conhece algo de programação, deve entender a importância do Sudo. Basicamente, sudo é um software designado para dar a um usuário permissões de execução de comandos que uma conta normalmente não teria. Isso é muito importante quando você é um usuário de um sistema open source e precisa constantemente de permissões para alterações no código.

Basta digitar # pkg install sudo para baixar o software.

Configuração da Rede

Para começar a usar a rede, você precisa de um endereço estático de IP. Você precisará fazer isso manualmente, abrindo ifconfig -a command na prompt e editando suas configurações de IP no arquivo /etc/rc.conf.

Ambiente desktop

Agora que você tem algumas funções básicas, antes de explorar a amplitude de serviços que sistemas operacionais baseados em Unix como o FreeBSD, provavelmente você quer que seu computador pareça um desktop “de verdade”.

Ou seja, ter uma interface para sua área de trabalho e suas janelas é importante. Softwares abertos como KDE 4, MATE, XFCE e outros disponibilizam sistemas de gerenciamento de janelas e área de trabalho com altas possibilidades de configuração.

O FreeBSD é um sistema operacional rápido, seguro e moderno, altamente configurável e constantemente atualizado. É importante que você explore aquilo que você precisa no momento de sua instalação, já que cada usuário tem suas próprias necessidades.

É importante observar quais drivers você precisará para seus dispositivos, também. De webcams a drivers de áudio, fontes e browsers de internet, tudo pode ser selecionado dentro de comunidades open source dedicadas a desenvolvimento de softwares eficientes e otimizados.

E você? Já utilizou ou utiliza o FreeBSD?! Conte sua experiência!

Curso Online TrueOS Desktop

Curso Online FreeBSD – Instalação e Administração

Hacker empresarial: uma nova e promissora carreira
Mikrotik: seu próximo roteador de redes!

Artigos Relacionados

Google Analytics Alternative